25 de janeiro de 2013

Encontro com...


Regina Gouveia visitou a Biblioteca da escola D. António Ferreira Gomes, no dia 23 de janeiro, para viajar com os alunos de sétimo ano pelo sistema solar, numa atividade de articulação com a área disciplinar de Ciências Físico-Químicas.
Aliando poesia e ciência, a autora fascinou os presentes com a magia do seu livro Pelo Sistema solar vamos todos viajar. De forma divertida e simultaneamente rigorosa a Astronomia esteve em destaque. 
A leitura dos poemas foi ilustrada, ao longo de três sessões, por experiências muito simples, mas extremamente eficazes no modo como demonstraram alguns fenómenos e conceitos, como o da rotação e da translação, a propagação da luz solar, as cores do arco-íris, os eclipses e muito mais…
A forma criativa como Regina Gouveia fundiu literatura e ciência cativou todos os presentes e estimulou, por certo, a curiosidade destes alunos para a observação mais atenta do mundo que os rodeia e para o prazer da leitura.

17 de janeiro de 2013

Exposição de Educação Tecnológica


Está a decorrer na Biblioteca da nossa escola, uma exposição de trabalhos realizados nas turmas do 6.º ano, no âmbito da disciplina de Educação Tecnológica, ao longo do 1.º período.
O objetivo dos trabalhos consistiu na recuperação de materiais, de forma a proceder à sua reutilização (uma das grandes preocupações dos professores e da disciplina de Educação Tecnológica), na execução de vários objetos, que os alunos idealizaram, projetaram e concretizaram.
Não deixem de ver! Vão gostar!
Os professores,
Maria Helena e Mário Neves

9 de janeiro de 2013

"O Principezinho" de Antoine de Saint-Exupéry



                A obra O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry, é muito interessante, pois, quando se olha para o livro, a primeira coisa que nos salta aos olhos são as imagens e o título, que dão a sensação de ser um livro infantil, mas o livro é tudo menos infantil. Na minha opinião, é um livro para qualquer idade, daí ser uma obra simples, mas complexa o suficiente para os adultos a poderem apreciar.
                                                                              Diogo Carvalho, nº7, 8ºB

                Eu já conhecia a obra O Principezinho, mas nunca a tinha lido. De início, quando a professora trouxe o livro para a aula, pensei que iria ser muito chato, mas à medida que fomos lendo, fui começando a gostar cada vez mais.
                Não achei bem quando fiquei a saber que as pessoas crescidas destruíram o sonho do narrador quando era criança e ele teve de escolher outra profissão. O narrador dizia que as pessoas crescidas nunca entendiam nada e ele tinha de explicar-lhes tudo.
                                                                              Diogo Fernandes, nº9, 8ºB


                Eu já conhecia a obra O Principezinho desde os meus sete anos. Foram os meus pais que me ofereceram o livro, quando tive varicela. Na altura, não o entendi muito bem, mas agora, que já se passaram seis anos, percebo muito melhor a mensagem que o autor quis transmitir.
                Com esta obra, aprendi que as pessoas crescidas complicam muito as coisas, que quando alguém nos cativa passamos a ver esse alguém como único no mundo e que por vezes “a linguagem é uma fonte de mal-entendidos”. Mas a parte que eu mais gostei foi quando a raposa disse ao principezinho que “o essencial é invisível para os olhos, só se vê bem com o coração”.

                                                                              Sara Andrade, nº21, 8ºB
               
                

8 de janeiro de 2013

Concurso de presépios


A época natalícia foi comemorada pelo Serviço de Bibliotecas. 
A magia do espírito de Natal entrou nas duas bibliotecas através da decoração realizada pelas  professoras Sandra Penides e Idalina Silva.
Os livros e a leitura também participaram  nesta comemoração pela da voz da professora Luísa Quadrado, que presentou os alunos com uma sessão de leitura a partir da obra "Natal!Natal!", de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, na biblioteca da EB2/3.
Na EB1/JI da Bela foi dado especial destaque a todos os documentos alusivos ao Natal, que os alunos puderam ler e requisitar.
O nosso espaço virtual divulgou uma lista de vídeos do Youtube e publicou um ebook ilustrado intitulado "Há sempre Magia no Natal" e disponibilizado publicamente pelos escritores e ilustradores.


A coroar esta época de partilha , a professora Rosa Mary Manso de EMRC organizou o Concurso de Presépios. Este reforçou o espírito de Natal com cor e alegria, com os inúmeros presépios realizados pelos alunos e suas famílias.