23 de abril de 2014

A culpa é das estrelas, John Green

“A culpa é das estrelas” é um romance escrito por John Green.
É a história de Hazel Grace Lancaster, uma rapariga de 16 anos com cancro na tiróide e metástases nos pulmões. Apesar de o odiar, ela é convencida pela mãe a frequentar um Grupo de Apoio para Miúdos com Cancro, onde conhece Augustus Waters, um rapaz de 17 anos com osteossarcoma, por quem se apaixona.

Gostei muito deste livro, recomendo-o a todos, porque mostra que mesmo num momento mau da nossa vida há esperança. Por outro lado, o livro contém algumas palavras complicadas e por vezes é necessário reler algumas frases para se entender o sentido destas.


Mariana Alegria, n.º17, 9.ºD

22 de abril de 2014

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, 23 de abril de 2014


Comemorado desde 1996, o Dia Mundial do Livro é comemorado a 23 de abril pela UNESCO para fomentar o prazer da leitura, a publicação de livros e a protecção dos direitos de autor. A data escolhida evoca também a velha tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de São Jorge (Saint Jordi) e recebem, em troca, um livro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, desaparecidos nesta data em 1616.

A Diretora geral da UNESCO, Irina Bokova, na sua mensagem a propósito desta efeméride salientou que os livros são as forças mais poderosas para a erradicação da pobreza e a construção da paz. “No Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, a UNESCO convida todas as mulheres e todos os homens a reunirem-se em torno de livros e de todos aqueles que escrevem e produzem livros. Este é um dia para celebrar os livros como a incorporação da criatividade humana e o desejo de compartilhar ideias e conhecimento, de inspirar compreensão e tolerância”.


Irina Bokova cita ainda na sua mensagem Malala Yousafzai, a estudante paquistanesa que foi baleada pelo Taliban por ir à escola, que afirmou no seu discurso nas Nações Unidas: 
“Vamos pegar nos nossos livros e nas nossas canetas. Eles são as nossas armas mais poderosas".

Em Portugal, a imagem do cartaz da DGLAB (Direção Geral do Livro dos Arquivos e das Bibliotecas) comemorativo do Dia Mundial do Livro é da autoria da Lupa Design (Danuta Wojciechowska e Joana Paz).

10 de abril de 2014

Aprender com a Biblioteca Escolar - trabalho de articulação com os docentes


De acordo com o referencial "Aprender com a Biblioteca Escolar", o SBE, em articulação com os docentes do 3º ano da Escola Básica da Bela, desenvolveu uma proposta de trabalho constante no manual de Português e que visou a elaboração da biografia da escritora Matilde Rosa Araújo. 
Ao longo das sessões, procurou-se que os alunos interagissem com diferentes obras da autora, estimulando, desta forma, o gosto pela leitura. Posteriormente, procedeu-se à pesquisa, seleção e organização da informação recolhida em diferentes suportes, com vista à produção de um texto biográfico. Com vista ao desenvolvimento da literacia digital e tecnológica, a professora bibliotecária orientou os alunos no processamento de texto, inserção de imagens, configuração de páginas, nota de rodapé...
A atividade revelou-se enriquecedora, tendo possibilitado aos alunos que aprofundassem os seus conhecimentos sobre a vida e a obra de Matilde Rosa Araújo, refletissem sobre a importância dos equipamentos tecnológicos, bem como o uso crítico e responsável da informação e credibilidade da mesma.



8 de abril de 2014

Encontro com... Richard Zimler

O escritor Richard Zimler visitou o nosso agrupamento a 2 de abril sob o patrocínio da Antunes Livreiros, a convite dos Serviços de Bibliotecas Escolares e da Área Disciplinar de História.
A obra do autor “Os Anagramas de Varsóvia”, lida e explorada nas aulas de História dos 9.º e 12.º anos, a propósito do tema “Holocausto”, serviu de mote a este encontro.
No Fórum Cultural de Ermesinde, local onde esta atividade se realizou, alunos e docentes conversaram com o autor sobre aquela e outras obras, bem como sobre as suas memórias de família, as suas experiências de vida e o seu processo de criação literária.
Os trabalhos realizados pelos alunos, no âmbito da exploração pedagógica da obra, estiveram expostos no Fórum. No final desta notícia, apresenta-se um desses trabalhos, o de Rúben Araújo.
Na primeira sessão, dois alunos, João Marcos e João Pedro, do 9º ano, leram 2 poemas em língua inglesa sobre o gueto de Varsóvia (Five Times e Rachel and the butterfly, de Yvonna Opoczynska-Goldberg) e o professor Arlindo Vieira declamou um poema, escrito por si, em memória de todos aqueles que viveram e morreram no gueto que serviu de cenário ao livro “Os Anagramas de Varsóvia”.
Nas duas sessões, os alunos do 12.ºF presentearam o escritor e a plateia com a dramatização dos principais momentos da trama descrita por Richard Zimler na obra que leram.
A partilha de ideias entre Richard Zimler e os nossos alunos e docentes terminou com a habitual sessão de autógrafos.
A concretização e o sucesso desta atividade só foram possíveis graças à colaboração de vários agentes e entidades, para além dos seus promotores: a Câmara Municipal de Valongo, a equipa técnica do Fórum Cultural de Ermesinde, a Direção do Agrupamento, os docentes que acompanharam os alunos e que ajudaram na preparação da atividade.


Fóruns de leitura

Ao longo do 2º período, o Serviço de Bibliotecas Escolares, em articulação com os docentes do 1º ciclo (2º, 3º e 4º anos), dinamizou a atividade "Fóruns de Leitura" (interturmas).
Os alunos, com o apoio dos professores e dos pais/encarregados de educação, apresentaram as obras propostas em "Amostras para ler+", com recurso a materiais diversificados e de grande qualidade. 
Procurou-se, desta forma, partilhar livros e leituras, favorecer o desenvolvimento das literacias e das competências de informação, fomentar hábitos de pesquisa, desenvolver a expressão oral e escrita e o saber estar em público.

Os nossos alunos descobriram em "Uma aventura na Serra da Estrela", "O ciclo do ovo", "A história da pequena Estrela", "O segredo do rio", "A cobra cava-covas" ... que o livro é um amigo que quebra a solidão e que nos leva por reinos fantásticos, onde as palavras são as personagens principais.



3 de abril de 2014

Semana da Leitura

A celebração dos 800 anos da Língua Portuguesa foi o principal mote sugerido pelo PNL para a 8.ª edição da Semana da Leitura, propondo-se que se integrasse, na programação desta semana, a comemoração de outras efemérides como o Dia Mundial da Saúde Oral,  o Dia Mundial do Teatro ou o Dia da Poesia.
Entre 17 e 21 de março foram dinamizadas encontros de leitura em todas as 105 turmas do agrupamento. A concretização dessas sessões contou com o envolvimento direto de vários elementos da Comunidade Escolar, nomeadamente de alunos, professores, assistentes operacionais, pais e encarregados de educação. Destaca-se, ainda, a participação das docentes aposentadas Manuela Ferreira e Luísa Quadrado que, em articulação com os Serviços de Biblioteca Escolar, presentaram os alunos com momentos de leitura que apelaram à reflexão e à fruição.


A Direção associou-se também a esta comemoração através das sessões de leitura dinamizadas pela Dra. Ana Maria Cortez e pela Dra. Graça Carneiro.
Nesta festa de leitura foram partilhados textos informativos e literários, de diversos autores nacionais e estrangeiros ou elaborados pelos alunos, em língua portuguesa, ou línguas estrangeiras lecionadas no agrupamento. Nas diversas salas de aula e nas bibliotecas escolares do Agrupamento, a Comunidade Escolar foi convidada a apreciar e a refletir sobre textos selecionados pelos leitores e trabalhos multimédia elaborados por alunos e professores.



A realização de fóruns de leitura intra/interturmas e a deslocação dos alunos às diferentes escolas propiciaram a partilha e o enriquecimento pessoal e cultural, estreitando os laços de afeto e de pertença de um agrupamento dinâmico e ativo.
As sessões de leitura foram preparadas com muito empenho por todos os leitores, que sozinhos, em pares ou em grupo tentaram transmitir o prazer de ler aos que os ouviam. 
A partilha de experiências e a colaboração dos vários elementos da comunidade foi crucial para o êxito desta iniciativa de sedução para a leitura.



No âmbito da comemoração do Dia Mundial da Poesia, a Biblioteca Municipal de Valongo promoveu, no dia 21 de março, um sarau poético-musical. Esta iniciativa contou com a parceria das escolas secundárias do concelho. O nosso Agrupamento fez-se representar, e bem, pela aluna da Escola Secundária, Diana Catarina Miguéis, do 11º A, que declamou três poemas da sua autoria. 

2 de abril de 2014

Hora do Conto


O Serviço de Bibliotecas Escolares dinamizou, junto dos alunos da Educação Pré-Escolar do Agrupamento, a obra “A Joaninha Vaidosa”, das autoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada. A atividade contou com a participação de duas alunas do grupo de “Voluntários da Leitura” e pretendeu-se desenvolver  competências de leitura, o espírito reflexivo, a expressão oral e plástica e o reconto oral em grande grupo.