30 de abril de 2015

À conversa com D. Januário Torgal Ferreira


A propósito do aniversário do nascimento do patrono da Escola D. António Ferreira Gomes, a 10 de maio, D. Januário Torgal Ferreira, Bispo Emérito das Forças Armadas, visitará esta escola, no dia 15 de maio, pelas 21 horas, para dialogar com a nossa comunidade educativa sobre "O sonho da Cidadania".

Comemorações do 41º aniversário do 25 de abril




O 41º aniversário do 25 de abril foi assinalado na Escola Básica D. António Ferreira Gomes através da articulação entre os docentes dos grupos de História e Educação Visual e Tecnológica, para além dos Serviços da Biblioteca Escolar. No átrio da escola e na Biblioteca foram expostos cartazes alusivos à data, elaborados pelos alunos nas disciplinas de Educação Visual (2.º ciclo) e de Pintura Decorativa (vocacional). Na Biblioteca, os livros/revistas e painéis informativos sobre esta efeméride associaram-se aos trabalhos realizados pelos alunos.
Para os docentes, a professora de História, Ilda Santos, auxiliada pelo professor Mário Neves prepararam a atividade “Como eras no 25 de abril”. Na sala dos professores foi colocado um painel com as fotos dos docentes, na época dos acontecimentos de abril de 1974. As fotos não foram identificadas e era solicitado aos professores que tentassem reconhecer os colegas. Esta atividade proporcionou momentos de confraternização e de boa disposição que agradaram a todos.


Assim se recordou o dia da liberdade e a madrugada pela qual os portugueses esperaram 48 anos.

23 de abril de 2015

Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor - 23 de abril

A 23 de abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor. A data tem como objetivo reconhecer a importância e a utilidade dos livros, assim como incentivar hábitos de leitura na população.
Os livros são um importante meio de transmissão de cultura e informação, e elemento fundamental no processo educativo.

Origem da data

A UNESCO instituiu em 1995 o Dia Mundial do Livro. A data foi escolhida por ser um dia importante para a literatura mundial - foi a 23 de abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes e a 23 de abril de 1899 que nasceu Vladimir Nabokov (escritor russo). O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o escritor inglês William Shakespeare.
A data serve ainda para chamar a atenção para a importância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia e desenvolvimento económico. 


Ler é o que está a dar!
                                                         Um amigo verdadeiro

Sempre que Rogério sai de casa, esquece-se de alguma coisa. Quando se lembra, já é tarde demais.
E o que é que Rogério faz? Absolutamente nada. Só pensa: “Ainda bem que tenho o João”.
O João é o seu melhor amigo, um amigo a sério, um amigo com quem se pode contar.
O Rogério sabe muito bem o que é um amigo com quem se pode contar. Sempre que ele se esquece de alguma coisa, é o João que o livra de apuros.
O Rogério vai para a escola sem sapatilhas.
— Logo vi que ias esquecer-te! — diz o João, tirando um par de meias grossas do saco de ginástica, que entrega ao Rogério.
O Rogério chega ao parque sem bola.
— Logo vi que ias esquecer-te!
O João tem escondida, atrás das costas, a sua própria bola, que lhe estende.
O Rogério vai com o João à feira popular e não leva dinheiro na carteira.
— Logo vi que ias esquecer-te! — E como não se pode andar no carrossel sem pagar, o João tira uma moeda do bolso.
E é assim dia após dia: o Rogério esquece-se sempre de alguma coisa, o João, nunca… ou será que não?
Não. O João esquece-se sempre dos lápis de cera. Não adianta esforçar-se por fazer a pasta a tempo e horas. Quando chega a aula de desenho, o João não tem os lápis de cera na pasta.
O Rogério sabe que o João se esquece sempre deles, e por isso ele, Rogério, pode esquecer-se de tudo o que há no mundo, só não se esquece dos lápis de cera.
Estão na aula de desenho. O Rogério tira os seus lápis da pasta e põe-nos em cima da carteira. O João volta a ficar corado de vergonha porque deixou os lápis em casa, no quarto.
Então, o Rogério sorri e tira da pasta outra caixinha de lápis de cera, que pousa em cima da carteira do João.
— Logo vi que ias esquecer-te! — diz ele a sorrir.


Lene Mayer-Skumanz (org.) Hoffentlich bald Wien, Herder Verlag, 1986 tradução e adaptação


16 de abril de 2015

Personalidade em destaque

Exposição de Cruzes na BE da DAFG


Ainda em clima Pascal, ao longo das primeiras semanas do 3º período, decorreu, na biblioteca da nossa escola, a exposição de 22 cruzes! Queremos com esta iniciativa levar os alunos e respetivas famílias a refletir, não sobre a morte de Jesus, mas sobre a ponte que este símbolo estabelece com a Vida!
O júri, atribuiu o prémio à cruz da aluna Maria Sá, do 7º C.

Obrigada a todos pelo entusiasmo e empenho! 

A professora Rosa Mary Manso

14 de abril de 2015

A Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson

A exploração pedagógica da obra de Robert Louis Stevenson, A Ilha do Tesouro, por parte dos alunos de 7º ano da Escola Básica D. António Ferreira Gomes, levou-os a navegar através do desenho nesta fabulosa história. Aqui fica o resultado desta aventura.

Encontro com... Isabel Alçada



A visita de Isabel Alçada ao nosso Agrupamento foi precedida de um intenso trabalho por parte dos mais pequenos e dos seus docentes, como se exemplifica no documento acima apresentado e que inclui ainda a saudação de boas-vindas à escritora e os individuais colocados nas cantinas das escolas.
A exploração das suas obras e os pequenos mimos encantaram Isabel Alçada e criaram uma clima de empatia muito grande entre a escritora e os seus pequenos leitores.
Parabéns a todos  os envolvidos!

13 de abril de 2015

Encontro com... Isabel Alçada



No dia 7 de abril, os alunos da EPE e 1º ciclo do agrupamento tiveram oportunidade de estar em contacto com a escritora Isabel Alçada.
Para isso, os diferentes espaços foram abrilhantados com trabalhos de expressão plástica e escrita (textos poéticos e biografias) produzidos em contexto de sala de aula sob a orientação dos docentes. A atividade contou com o envolvimento dos familiares na criação de pequenas bruxas numa referência à obra “A Bruxa Cartuxa na floresta dos segredos”.
O entusiasmo, a alegria e o dinamismo foram evidentes nos diferentes momentos com a autora da coleção “Uma aventura”.
A sessão iniciou-se com a apresentação da escritora, seguindo-se a abordagem de algumas obras exploradas pelos alunos ao longo do 2º período.
Um dos momentos mais emocionantes foi, sem dúvida, a apresentação de momentos de leitura de textos produzidos pelos alunos, a partir da análise das obras “A Bruxa Cartuxa na Floresta dos Segredos”, “Há Fogo na Floresta”, “O lobo prateado”…
Mas a música também marcou presença pela voz de Isabel Alçada, com a canção “A Bruxa Cartuxa”, a que alunos e docentes se juntaram à festa.

A todas as questões colocadas pelos alunos do 3º e 4º anos das Escolas Básicas da Bela e de Sampaio, Isabel Alçada respondeu com simpatia e clareza, como só uma boa escritora e comunicadora sabe fazer.
O encontro, em cada escola, terminou com uma sessão de autógrafos que colocou os alunos em alvoroço para obter a preciosa dedicatória nos livros que têm lido e que contam histórias educativas, com enredos estrepitantes e cheios de emoção.


2 de abril de 2015

Dia internacional do livro infantil

Mensagem 


Muitas culturas Uma só História

"Falamos várias línguas e trazemos diferentes experiências
E no entanto partilhamos as mesmas histórias"
Histórias internacionais... histórias tradicionais 
É sempre a mesma história que nos contam
Em diferentes vozes
Em diferentes cores
E contudo ela não muda...
Princípio...
Meio...
E fim...
É sempre a história que todos conhecemos e amamos
Todos a escutámos 
Em diferentes versões por diferentes vozes
E no entanto é sempre a mesma 
Há sempre um herói... uma princesa... um vilão 
Não importa a língua que falam Os seus nomes 
Ou seus rostos 
É sempre o mesmo Princípio 
Meio
E fim
Sempre aquele herói.. a princesa e o vilão 
Imutáveis ao longo dos séculos 
Eles fazem-nos companhia 
Sussurram-nos durante os sonhos 
Embalam-nós ao adormecer 
As suas vozes desaparecem
Mas vivem sempre nos nossos corações 
Pois juntam-nós a todos numa terra de mistério e imaginação 
De tal modo que as diferentes culturas se fundem numa Só História 

Escrito por: Marwa Al Agroubi (Emirados Árabes Unidos)
Tradução: DGLAB



PORTUGAL. Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas – 
Site DGLAB: Dia Internacional do Livro Infantil 2015 [Em linha]. Lisboa: DGLAB,
actual. 24-03-2015.[Consult. 01-04-2015].

Disponível em WWW:< http://www.dglb.pt/sites/DGLB/Portugues/noticiasEventos/
Paginas/Dia-Internacional-do-Livro-Infantil-2015.aspx

1 de abril de 2015

Aprender com Histórias - sessão dinamizada pela Dra Sandra Figueiredo


Aprender com Histórias” é uma iniciativa da Divisão da Educação, Ação Social e Desporto do Município de Valongo que tem como objetivo a promoção dos direitos humanos através da leitura de histórias a crianças da educação Pré-escolar do Concelho. Este ano a temática é dedicada às “pessoas diferentes”.
“Mundo de Cor”, de Júlio Rodrigues e Paulo Oliveira, foi o livro selecionado para estas sessões, e narra a história de uma menina especial. Vivia num mundo sem cor, onde tudo era igual. Apenas a Margarida era diferente. – «É colorida!» – Dizia toda a gente. Ela gostava que tudo fosse mais colorido. O mundo cinzento não fazia sentido! Então, de mil cores o mundo pintou. Margarida, especial e diferente, tudo transformou. Uma história muito terna sobre o sonho, a diferença e o amor pela vida."


Semana da Leitura - pais visitam a Escola Básica da Bela e dinamizam sessões da Hora do Conto