28 de junho de 2015

Leituras partilhadas

Os alunos dos 3.º e 4.º anos da turma B, da Escola Básica da Gandra, com o apoio da docente Ângela Campos e em articulação com o SBE, proporcionaram momentos singulares de leitura a partir dos contos "Cachorrinhos para venda" e "O pão dos outros" a todas as turmas deste estabelecimento de ensino.
Os protagonistas destas sessões convidaram os docentes e os alunos a refletirem sobre a mensagem presente nas narrativas, criando-se dinâmicas de grande interação entre todos.

A atividade permitiu promover o trabalho de grupo e a autoestima, motivar para a leitura oral e partilhar experiências/saberes.



Fóruns de Leitura

Decorreu, na última semana do 3.º período, mais um Fórum de Leitura dinamizado pelos alunos dos 3.º e 4.º anos da Escola Básica de Sampaio. As leituras encenadas de "A Bela e o Monstro" e "Gabriela e a Espreitadela" encantaram a assistência, em particular as crianças da Educação Pré-Escolar.

Parabéns aos nossos alunos. Afinal, ler vale a pena!



19 de junho de 2015

A leitura ajuda a florescer a mente


No âmbito das atividades extracurriculares, a professora Margarida Coelho, com a colaboração das docentes Cristina Farelo e Graça Pereira, levou a cabo uma atividade de promoção da leitura em Inglês junto dos alunos do 2.º ano da turma B da Gandra.


A leitura ajuda a mente a florescer é o mote que esteve na base de uma atividade que levou à construção de um painel em que a professora Ana Marinho colaborou e que se encontra afixado, desde o dia 28 de maio, na Biblioteca da Escola Secundária de Ermesinde. 

17 de junho de 2015

Energias Renováveis


Esteve patente na Biblioteca da  Escola Secundária de Ermesinde uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos do 5.º A e 5.º C, subordinada ao tema“Energias Renováveis”.

No âmbito da disciplina de Educação Tecnológica e sob a orientação da professora Cristina Fernandes, os alunos elaboraram pequenas construções reproduzindo turbinas eólicas e painéis solares.

Participação do Agrupamento na Fase Distrital do Concurso Nacional de Leitura

No passado dia 21 de abril de 2015, os alunos Jorge, Pedro e Mariana, da ESE, e Vasco, Rute e Catarina, da DAFG, estiveram presentes na 2ª fase da 9ª edição do Concurso Nacional de Leitura. Esta teve lugar na Biblioteca Municipal Almeida Garrett, no Porto.

A primeira parte da prova consistia num inquérito sobre os dois livros que tivemos de ler: "As Aventuras de Huckleberry Finn", de Mark Twain, e "O Rapaz dos Sapatos Prateados", de Álvaro de Magalhães, no caso do 3º ciclo; “O dia antes da felicidade” de Erri de Luca e “A montanha da água lilás”, de Pepetela, para o secundário. Infelizmente, nenhum dos alunos do nosso Agrupamento passou à parte oral, mas todos concordaram que foi uma experiência muito enriquecedora.
Encontrámo-nos todos às 07:15h da manhã na Estação de Ermesinde, de onde partimos, de comboio, para a Estação de S. Bento, no Porto. Chegámos à última estação às 08:05h da manhã e apanhámos o autocarro na Avenida dos Aliados, com destino aos jardins do Pavilhão Rosa Mota.
Aí permanecemos durante algum tempo, a apreciar os pavões e a magnífica paisagem. Por volta das 10h, as professoras acompanhantes foram inscrever-nos na receção da Biblioteca Municipal Almeida Garrett. De seguida, os alunos do 3º ciclo realizaram a prova escrita, enquanto os alunos do secundário foram ver uma exposição de arte. No final da prova escrita, os alunos do 7º ao 9º foram ver a exposição e os alunos do secundário realizaram a prova.
Ainda antes do almoço, juntámo-nos todos para assistir a uma representação teatral, intitulada “Adversus”. De seguida, almoçámos ali mesmo pelos jardins e convivemos um pouco.
Ficamos para assistir às provas orais do 3º ciclo e do secundário, que aconteceram logo após o almoço, e que resultaram numa boa experiência de aprendizagem, caso algum dia nos vejamos na mesma posição.

Ana Catarina Dias, A8ºA, Rute Costa e Vasco Rodrigues,  A9ºA, 
Jorge Carneiro E11ºB, Mariana Silva E10ºJ e Pedro Nunes E7ºD. 


12 de junho de 2015

Teatro em francês


O teatro estimula o desejo pelo conhecimento e é uma ferramenta poderosa para aprender qualquer língua, pois proporciona situações de aprendizagem em que os alunos se comprometem emocionalmente.

Foi esta a experiência que viveram e partilharam na biblioteca os alunos Elisa Vieira, Josué Moutinho, Lucas Silva, Rafaela Silva, Ricardo Brandão, Rodrigo Sevilha e Tiago Silva do A8ºA, orientados pela docente Júlia Ribeiro de Francês.
As duas pequenas peças de teatro infantil, escritas por Ann Rocard, divertiram todos aqueles que visitaram a biblioteca para assistir a estas divertidas representações.

11 de junho de 2015

Concurso de escrita criativa com base n' Os Maias

No passado dia 22 de maio realizou-se na biblioteca da Escola Secundária de Ermesinde um concurso de escrita criativa com base n’ Os Maias, de Eça De Queirós. No âmbito desta atividade, os alunos do 11.º B, organizados em grupos e orientados pela professora estagiária Inês Meireles e pela docente da disciplina de Português Helena Fonseca, construíram um microepisódio fictício com as personagens da obra, transportando-as para a atualidade e criando um baile de máscaras.

O referido concurso visou estimular a criatividade dos alunos, promover o gosto pela escrita e valorizar a expressão literária. Feito o balanço da atividade, é notória a sua importância para os alunos, patente na qualidade dos trabalhos a concurso.

Teatro em francês

Amanhã, 12 de junho, alguns alunos do A8ºA, orientados pela professora Júlia Ribeiro, vão apresentar duas pequenas peças de teatro em francês.
A performance realizar-se-á na Biblioteca da Escola Básica D. António Ferreira Gomes, às 10h05m.
Contamos com a vossa presença!

3 de junho de 2015

2 de junho de 2015

Hora do Conto


Decorreu de 25 a 29 de maio, mais uma sessão da "Hora do Conto" dirigida às turmas do 1º e 2º anos das Escolas Básicas da Bela e da Gandra.
Os alunos tomaram contacto com as obras "A sopa verde" e "As gravatas do meu pai".
O 1º ano refletiu sobre a importância de uma alimentação saudável, incluindo a sopa nas suas refeições, enquanto os alunos do 2º ano viajaram com um menino sonhador que tinha pressa de crescer. "... mas ser adulto implica ter muitas responsabilidades e, por vezes, tomar decisões muito difíceis." Por isso, deixa de lado as gravatas e escolhe um laço, optando por ser menino.